terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Holland Roden e Justin Hartley são pura simpatia em evento em São Paulo!


 No último final de semana, aconteceu em São Paulo o Day Dream 2015. A convenção, organizada pela Daydream Eventos, costuma trazer ao Brasil atores e atrizes de consagradas séries internacionais. Em maio, parte do elenco de Vampire Diaries deu as caras por aqui e em junho foi a vez da galera de Once Upon a Time visitar as terras tupiniquins.

Para essa edição estava confirmada a presença de três grandes nomes das telinhas americanas: Chad Michael Murray (One Tree Hill/Agent Carter), Holland Roden (Teen Wolf) e Justin Hartley (Revenge/Smallville).

 Infelizmente, o ator Chad Michael Murray teve que cancelar sua vinda, mas isso não significa que o evento não foi um sucesso. Ao som de dezenas de fãs, Holland Roden e Justin Hartley deram um show de simpatia, respondendo perguntas, contando histórias de bastidores e tirando selfies com o pessoal presente.

  É claro que o Minha Série estava lá para conferir a ocasião e saber mais sobre o trabalho dos atores.

Um pouquinho sobre cada um:



 Holland Rodan atualmente interpreta Lydia Martin no seriado Teen Wolf. Antes, Lydia era uma garota popular do colégio que agia de forma superficial e mimada, mas que escondia um QI de nível altíssimo.

 Quando os elementos sobrenaturais que cercam a cidade começaram a se aproximar do dia a dia dela, essa fachada que ela tentava manter foi sendo desmascarada. Com o tempo, a garota descobre que é uma banshee, alguém que ouve vozes em sua cabeça que sempre levam a pessoa para cenas de assassinato, isso porque ela sente quando alguém está próximo de morrer.


 Já Justin Hartley é mais conhecido por ter interpretado Oliver Queen/Arqueiro Verde em Smallville. Ele aparece como um personagem recorrente em diversos episódios da sexta e sétima temporadas e passa a ser parte do elenco regular a partir da oitava.

 Foi questionada a hipótese de Hartley viver novamente o herói na série Arrow, que, aliás, é da mesma emissora de Smallville nos EUA. Entretanto, esse novo universo da DC na TV não está tendo ligação com as aventuras do jovem Clark Kent, então optaram por Stephen Amell para o papel.


 Perguntas e respostas:

 Durante a convenção, os artistas atenderam vários fãs presentes respondendo perguntas, e o Minha Série também aproveitou para conversar com eles. Confira:

• Holland Roden

O que você menos gosta de fazer durante as filmagens?
Holland Roden: Eu não gosto muito de fazer cenas em que tenho que ficar nua (risos).

Você já interpretou diversos papeis em seriados, e a maioria só aparecia em alguns episódios, como Emily Locke (a mãe de John Locke, em Lost). Agora, em Teen Wolf, você é do elenco principal. Qual é a melhor parte de atuar sendo a mesma personagem?
Holland: Contar uma história completa. A melhor parte de atuar é viver algo diferente todos os dias e contar para as pessoas a história do seu personagem.

Como foi atuar em Lost?
Holland: Aquele foi, se não me engano, meu terceiro trabalho. Eu amava o seriado, mas ver tudo nos bastidores acabou estragando a magia das coisas. Fora isso, foi sensacional.

A sua personagem (em Teen Wolf) mudou bastante. De uma menina popular e mimada, passou a ser uma interna em um hospício. Do que você sente mais falta na Lydia de antes?
Holland: Nada (risos). Ela era muito, muito malvada no começo. Ok, eu sinto falta da amizade dela com a Alisson.

O que podemos esperar de Lydia a partir de agora?
Holland: Eu até poderia contar, mas vai ser um spoiler! O que posso dizer é que a nova temporada vai focar bastante nos poderes dela. Ah! Alguns nós que foram deixados na temporada passada serão resolvidos.

Em Teen Wolf, você é uma Banshee. Na vida real, qual poder gostaria de ter?
Holland: Eu sou muito curiosa. Gostaria de poder me transformar em uma poça para passar por brechas e descobrir o que as pessoas estão falando sem ser notada.

Do que você mais gosta e menos gosta em Lydia?
Holland: O que eu menos gosto é que antes eu tinha que usar salto alto o dia inteiro! Aquilo me matava. O que eu mais gosto é da inteligência dela. Ela quebra aquele paradigma da garota popular que só é bonitinha.

• Justin Hartley

Você foi o Arqueiro Verde na série Smallville. Qual outro super-herói gostaria de interpretar?
Justin: Pouca gente sabe disso, mas, na verdade, eu também fui o Aquaman, só que o seriado foi cancelado. Enfim, eu adoraria interpretar um personagem com raios X ou que pudesse voar.

Uma dúvida ficou no ar no final de Smallvillle: Oliver fica com a Chloe?
Justin: (risos), essa foi uma das coisas que eu mais gostei na história do arqueiro. A série termina de uma forma em que cada espectador pode tirar suas próprias conclusões. Contudo, da forma como eu li e interpretei o roteiro: sim, eles terminam juntos.

Você dirigiu alguns episódios da série. Planeja voltar a ter essa experiência?
Justin: Com certeza. Eu quero muito poder trabalhar com direção novamente. Adoraria dirigir uma comédia, só não sei se ficaria engraçada.

Como foi interpretar uma showgirl em um dos episódios de Smallville?
Justin: (muitos risos) Olha eu aprendi a respeitar muito as mulheres que usam salto alto (nesse momento ele olhou para Holland e fez um sinal de positivo) e precisam colocar sutiã. Eu ainda tive que lutar usando aquilo. Não é uma experiência que gostaria de ter novamente.

Sabemos que você está trabalhando em um piloto para a ABC. Pode nos falar dele?
Justin: Uau, vocês já sabem disso (risos)? Bom no outono ele estreia, não posso estragar a surpresa, mas garanto que tem um dos melhores roteiros que li nos últimos anos e o diretor da obra é o mesmo que coordenou o filme “Amor a Toda Prova”.

Atualmente, você está atuando em um remake de uma novela (The Young and the Restless). Como é interpretar um personagem que já foi vivido por outro ator?
Justin: É uma experiência bem interessante, pois eu tento colocar a minha atuação no personagem, mas devo tomar muito cuidado para não sair de sua essência. É BEM desafiador.

As mulheres brasileiras ultimamente têm, mais do que nunca, lutado por seus direitos e se unido contra a violência. Em um episódio de Cold Case, você interpretou um agressor. Como foi para você fazer isso?
Justin: Nossa, agradeço a pergunta. Esse personagem foi um dos mais difíceis da minha carreira até agora. Eu tenho namorada, uma filha pequena, irmãs. Esse foi um personagem que me trouxe muito conhecimento, é complicado interpretar algo assim, mas eu acredito que Hollywood tem essa responsabilidade de educar as audiências mostrando o quão horrível esse tipo de comportamento é.

Fonte: Minha Série.

Nenhum comentário:

Postar um comentário